Personal tools

Skip to content. | Skip to navigation

Sections

Blog

You are here: Home Blog Plone 4 : novidades para o usuário final

Plone 4 : novidades para o usuário final

Posted by Thiago Tamosauskas at 29/04/2010 13:00 |
Filed under: , ,
— filed under: , ,

Plone 4 : novidades para o usuário final

Fab Four - It's getting better all the time...

Durante o World Plone Day 2010, organizamos aqui na Simples Consultoria um evento no qual tive a oportunidade de contar um pouco sobre quais serão as novidades do Plone 4. Este artigo que segue é uma transcrição aproximada do que foi dito na ocasião. O foco da apresentação foram as mudanças de maior impacto ao usuário final, ou seja, o que realmente muda para o usuário nesta nova versão do Plone.

Inicialmente é legal destacar que foram selecionados e implementados 40 “PLIPs” (“Plone Improvement Proposal"), que são sugestões de melhora propostas pela própria comunidade. Isso faz do Plone 4 a versão que recebeu o maior número de melhorias de toda a história do Plone.

Muitas destas mudanças são internas, de modo que o próprio Eric Steele confessou durante o Plone Symposium South America que se sentia um tanto frustrado, porque embora tenha existido muito e muito trabalho pesado ele não tinha muito o que mostrar quando um usuário comum perguntava o que ia mudar para ele. A verdade é que houveram poucas mudanças para estes usuários, mas estas mudanças foram bastante significativas. Veremos algumas delas agora:

Novo Tema


Do ponto de vista do usuário está é provavelmente a mudança mais aparente. Após vários anos usando o mesmo layout padrão o Plone finalmente muda de cara. O design padrão tornou-se minimalista, de uma simplicidade quase franciscana. O novo tema é muito mais simples e por isso mesmo muito mais fácil de editar. O pai da criança, Alexander Limi, também durante o Plone Symposium, descreveu-o como "propositalmente vazio". A idéia por trás disso é ter um layout bom o bastante para ser usado assim que o Plone foi instalado, mas também flexivel o bastante para ser alterado sem dificuldade. Uma tela onde os designers podem trabalhar sem perder as vantagens de usabilidade e facilidade de uso do Plone. Em termos de codificação e css na pratica temos uma base muito mais fácil de personalizar e os designer terão muito menos necessidade de bug fixes e workarounds.

Outro ponto importante no novo tema é a adoção oficial do jQuery como linguagem padrão para rodar do lado do Cliente. O KSS continua disponível, mas apenas de maneira opcional. Além das vatagens técnicas do JQuery, isso colocará os desenvolvedores de Plone em contato com uma comunidade muito maior, e consequentemente muito mais criativa e produtiva.

Adoção do TinyMCE como Editor Padrão


Embora diversos outros editores estejam disponíveis por meio de produtos instaláveis, por anos o Kupu foi eleito como o editor html padrão do Plone. Basicamente ele ganhou gosto da comunidade por sua simplicidade e pelo HTML bem formatado que produzia. Entretanto os usuários parecem preferir a maior liberdade que o TinyMCE promete dar, com todos os seus recursos de formatação. O TnyMCE também tem a vantagem de já ser o editor padrão de outros CMS's comerciais e livres, colocando o Plone na favorável companhia de seus desenvolvedores e com um público bem grande  já acostumado com sua interface.

Registro de usuário


Uma parte do Plone que frequentemente os usuários finais pediam para ser modificada é o formulário de registro. Isso é possivel agora no Plone 4, embora ainda aconteça de maneira timida. Dentro de Configurações do Site, nas configurações de Grupos e usuários ganhamos uma nova aba onde essas modificçaões podem ser feitas.

Busca Aprimoradas


A busca sempre foi um ponto forte do Plone frente aos concorrentes. Desafio qualquer pessoa a mostrare um CMS que tenha um sistema de busca tão perfeito e eficiente. Essa vantagem foi ainda mais explorada agora no Plone 4. A busca continua simples e eficaz como sempre, mas foram incluídas novas opções na busca avançada. O desafio era duplo: simplificar a interface das várias opções avançadas que já existem e além disso incluir novos recursos. A solução foi permitir que estes recursos sejam retirados ou fornecidos pelo administrador do site em Configurações de Busca, além de um tratamento inteligente das opções menos utilizadas, via jQuery.

Gerenciamento de imagens


O Plone fornece aos usuários formatações automáticas para cada imagem colocada no site. São os famosos, image_preview, image_thumn. image_mini, etc.. Há agora no Plone 4 uma nova opção nas configurações do site que permite ao próprio usuário final modificar os tamanhos padrão para as imagens do Plone. Não apenas isso, mas ele pode também criar tamanhos novos de imagens sem ter que saber um linha de código e nem sequer entrar na ZMI.

Gerenciamento de Portlets aprimorado


Do Plone 2 para o Plone 3 o gerenciamento de Portlet deu um salto de qualidade incrível, sendo provavelmente a novidade mais querida pelos usuários finais. Agora é possível também configurar quais portlets são visiveis ou não sem a necessidade de retirá-los para depois ter que coloca-los no lugar novamente. Isso porque cada portlet ganhou uma função de Ocultar/Mostrar que regula de modo rápido e fácil quando um portlet deve ou não ser exibido.

Coleções Aprimoradas


A interface das Coleções (antigas Pastas Espertas) está recebendo um tratamento especial no Plone 4. Em vez de ter que salvar várias vezes cada um dos critérios e ter que ficar pulando entre as abas de visão e edição, agora o usuário consegue criar suas próprias coleções com uma interfase imensamente mais amigável. Isso resultará em uma produtividade muito maior nas edições na medida que vai poupar o tempo do usuário.

Velocidade


Aquelas "mudanças internas" que comentei no inicio deste artigo tem haver com este tópico final. Um grande esforço foi feito para melhorar a performance do Plone e levar sua velocidade a niveis não apenas satisfatórios, mas admiráveis. A adoção do Python 2.6 é parte desta mudança em busca de uma melhor rapidez. Some-se a isso o suporte a BLOBs, que permite guardar arquivos grandes no filesystem, a adoção das "Pastas Gigantes" como solução padrão para o tipo pastas e muitos outros aprimoramentos e começaremos a entender como o Plone 4 conseguiu superar em performance o Plone 3, que por sua vez já estava mais rápido que outros sistemas menos robustos como o Joomla, Drupal e o Wordpress.

Conclusão


Todas estas melhorias vem unier-se a todas as outras vantagens já conhecidas do Plone desde suas primeiras versões. O lançamento do Plone 4 está previsto ainda para o primeiro semestre este ano. Quem quiser ver de perto a evolução destas e de muitas outras melhorias pode acompanhar pelos próprios relatórios disponíveis no site de desenvolvimento do projeto: http://dev.plone.org/plone/milestone/4.0 Seja como for podemos estar certos que a equipe de desenvolvedores estará empenhada em cria ruma solução para gerenciamento de conteúdo cada vez melhor, sempre focada nas necessidades dos usuário final.

Document Actions
Spinner